22/01/2018

Coworking aposta em empreendedorismo universitário

360 Coworking

Se antes jovens profissionais sonhavam em trabalhar para multinacionais ou bancos, agora a aspiração da nova geração de universitários brasileiros está relacionada ao universo das startups e empreendedorismo. Essa é a aposta da fundadora do 360 Coworking (www.360coworking.com), Adne Righi, que abriu um espaço criativo e colaborativo próximo à USP.

O coworking está estrategicamente localizado a 100 metros da portaria principal da USP, um estímulo a mais para jovens empreendedores. O local é um dos primeiros do Brasil a implementar salas FABLAB, para desenvolvimento de protótipos, e VRLAB, que, por meio da realidade virtual, são usadas para elaborar produtos e oferecer experiências imersivas. “As pessoas têm diferentes formas de aprender: a visual, a auditiva e a escrita – que também pode ser em forma de desenho. A tecnologia que disponibilizamos reúne todos esses elementos”, diz Adne.

Além disso, em um espaço de 800 m², a estrutura conta com salas individuais e estações compartilhadas para atender os diferentes tipos de perfis dos usuários. Enquanto a área interna proporciona um ambiente de escritório colaborativo e descontraído, a parte externa é arborizada e traz a sensação de “estar em uma casa de campo”, servindo como fonte de inspiração e de concentração – um conceito diferente quando comparado aos escritórios convencionais.

A fundadora do 360 Coworking acredita que o momento é propício para quem quer empreender, e o espaço compartilhado favorece o networking. “Com empresas fechando, as pessoas precisam encontrar formas de gerar dinheiro. Para quem tem boas ideias que dependem de investidores para sair do papel, é uma oportunidade. O 360 Coworking ajuda os empreendedores a reduzir custos com escritórios, além de conectar profissionais e empresas” diz.

Empreendedorismo órfão

Por ser um ambiente favorável ao empreendedorismo universitário, o espaço fomenta a economia brasileira. Segundo o último levantamento bienal divulgado pela Conaje (Confederação Nacional dos Jovens Empresários), em 2016, a falta de capacitação é um dos grandes obstáculos para o jovem tocar seu negócio – 86% dos mais de 5 mil entrevistados da pesquisa não tiveram nenhum tipo de qualificação no período escolar. Assim, um local para colocar em prática aquilo que é aplicado em sala de aula ajuda as jovens mentes a desenvolverem seu talento.

Sobre o 360 Coworking

Espaço colaborativo criado para atender à crescente demanda de jovens empreendedores que saem da universidade com uma ideia de negócio. Fundado por Adne Righi em São Paulo (SP), em 2017, o coworking está localizado a poucos metros da USP e é um dos primeiros no Brasil a implementar salas FABLAB e VRLAB. www.360coworking.com.