Press Works - Agora você pode aparecer...

Notícia

27/09/2018

Agência britânica de marketing digital desembarca no Brasil com foco em startups e e-commerces

Hedgehog une expertises inglesa e brasileira para desenvolver estratégias inovadoras de SEO

Hedgehog

Ações e resultados a curto prazo são necessidades primárias de startups e PME’s, sobretudo para aquelas que atuam exclusivamente por meio da internet. Com o objetivo de auxiliar as empresas a conquistarem os melhores posicionamentos possíveis em buscas no Google, a agência britânica Hedgehog (www.hedgehogdigital.co.uk/br) chega ao Brasil com nove anos de experiência em marketing digital e SEO.

A conexão da empresa com o Brasil provém de um dos sócios da agência, o paulista Felipe Bazon. “Embora a Hedgehog tenha surgido na Inglaterra, com o passar do tempo nossa atuação se tornou conhecida e fomos convidados a participar de diversos eventos por aqui. Um deles foi o E-commerce Experience, em 2017, no qual ofereci mentoria aos negócios selecionados”, explica. 

A participação de Bazon, que soma quatro indicações e uma vitória no Prêmio Digitalks na categoria SEO, chamou a atenção de algumas das empresas participantes que hoje fazem parte da carteira de clientes da agência, como a Brinquedos Estrela e a Pampili. “Percebemos que havia espaço para o negócio junto ao mercado brasileiro e decidimos trazer nossas técnicas de content marketing e link building para cá, em dezembro de 2017”, comenta o empreendedor.

A Hedgehog tem foco em construção de autoridade por meio de inserções espontâneas em diferentes mídias via conteúdos produzidos com base em dados e pesquisas de mercado. A ideia é conquistar os usuários por meio de assuntos relevantes, inseridos no universo de cada cliente de acordo com suas especificidades. No Brasil, o público-alvo são startups e e-commerces, que se beneficiarão de estratégias exclusivas desenvolvidas pela agência para o setor.

Para conquistar posições no Google, também é necessário identificar e compreender o comportamento do público, levando em consideração o tempo de navegação, páginas mais e menos buscadas, o que agrada esses usuários e assim por diante. “Não basta produzir conteúdo com base em achismos. Além disso, é preciso monitorar a concorrência e o mercado em que o cliente está inserido para traçar um planejamento estratégico certeiro e definir as metas”, afirma Bazon.

Felipe Bazon lembra que a escolha do nome Hedgehog se deu pela resiliência e versatilidade do espécime homônimo, um ouriço. “Assim como ele, nos adaptamos às adversidades e nos blindamos contra os concorrentes para entregar satisfação e bons resultados aos clientes”, diz.

Sobre a HedgeHog

Agência inglesa de marketing digital e SEO, especializada em conteúdo de engajamento e link building, fundada em 2009 por Alan Spurgeon. Iniciou as operações no país em dezembro de 2017, com foco em startups e PME’s, sob a liderança de um de seus sócios, Felipe Bazon. O negócio atende a Organização Mundial de Boxe e, no Brasil, a Brinquedos Estrela e a Pampili. www.hedgehogdigital.co.uk/br.