06/04/2016

4 dicas para sua casa não pegar fogo

Da atenção à rede elétrica a alarmes de segurança, cuidados simples evitam incêndios caseiros

Apenas no estado de São Paulo, o Corpo de Bombeiros estima que aconteçam 6.600 incêndios caseiros por ano. A facilidade de começar um incêndio em casa somada à velocidade com que o fogo se alastra em construções modernas (oito vezes mais rápida que 50 anos atrás e incontrolável em até três minutos, de acordo com pesquisas americanas), faz a prevenção não só necessária, mas urgente.

 

SegurançAjato

 

Alguns cuidados básicos são o suficiente para proteger o lar, como explica Cezar Loureiro, gerente da SegurançAjato.com (www.segurancajato.com.br), e-commerce especializado no setor de segurança. Ele destaca pontos que merecem atenção:

 

1 – Atenção para a rede elétrica

Por um lado, os moradores devem se certificar que a instalação elétrica não está velha ou com fiação sujeita a curtos circuitos. Por outro, precisam adotar práticas que reduzam a chance de acidentes, como evitar ligar muitos aparelhos em uma só tomada e ter cuidado no uso de itens que consomem muita corrente, tais como ferros de passar e secadores de cabelo. "Também há casos específicos. Quem tem cachorros, por exemplo, precisa ter certeza de que eles não façam xixi em fios desencapados", diz Loureiro.

 

2 – De olho no fogo

Por mais românticas que as velas sejam em um jantar, não se pode esquecê-las acesas quando as coisas esquentarem. Elas podem estar perto de cortinas ou lençóis, propensos a se inflamarem. O mesmo vale para cigarros: adormecer sem apagá-los é um convite para o fogo, ainda mais quando existe o hábito de fumar na cama. Materiais combustíveis em geral, desde álcool até fósforos, também merecem atenção.

 

3 – Educar é prevenir

"Quem tem criança, sabe: se alguma coisa tem potencial para dar errado, eles são atraídos por isso", brinca o especialista da SegurançAjato.com. Então, por mais que você tome todas as precauções, é essencial conversar, orientar e educar os filhos sobre a forma correta de lidar com fogão, equipamentos elétricos, entre outros. Isso, claro, quando já tiverem idade suficiente para tanto – antes: mantenha-os longe!

 

4 – Instale alarmes

Mesmo com todo o cuidado do mundo, não é possível ter 100% de controle sobre o risco de incêndio em casa que pode, inclusive, ocorrer nos vizinhos. Por isso, dispositivos de alarme contra fumaça ajudam a identificar, controlar e se afastar do fogo o mais rápido possível – e são obrigatórios, por exemplo, nas residências americanas. "As pessoas têm se interessado por esse produto: começamos a vender detectores de fumaça da First Alert em março agora, e esgotaram em uma semana", conta Loureiro. E há uma vantagem extra: um dos modelos também alerta contra vazamentos de monóxido de carbono. "Um gás inodoro e invisível que pode se acumular em locais mal ventilados, já que é liberado por fogões e aquecedores", afirma o especialista.

                                                                                                                                                                                       

Sobre a SegurançAjato.com

E-commerce especializado em equipamentos de segurança e vigilância criado em março de 2015. A loja oferece produtos como câmeras, monitores, gravadores, complementos eletroeletrônicos e, desde março de 2016, alarmes contra incêndio. A SegurancAjato.com faz parte da SuperCommerce, empresa de comércio eletrônico baseada no Rio de Janeiro. www.segurancajato.com.br.

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!