09/12/2014

7 dicas para contratar uma empresa de tradução

Especialização e agilidade na entrega são fatores que merecem atenção

Quem busca soluções em tradução deve estar sempre atento à empresa escolhida. Mais que a perfeita correspondência de conteúdo em outro idioma, o prestador de serviço deve oferecer diferenciais e garantir qualidade dentro do prazo acordado. Sueli Benvenuto, fundadora da AlphaÔmega Traduções (www.alphaeomegatraducoes.com.br), dá dicas para selecionar a empresa tradutora:

 

1. Tradução especializada

Muitas vezes o texto a ser traduzido possui termos técnicos e expressões que somente pessoas da área conhecem. Por isso, é necessário verificar se a empresa contratada possui profissionais capacitados em diferentes segmentos. "Traduzir um relatório médico ou um contrato jurídico com termos inexatos pode trazer complicações", exemplifica Sueli. A AlphaÔmega possui mais de 200 profissionais cadastrados com conhecimento em diversos setores, como Jurídico, Médico, Financeiro, Telecomunicações, entre outros.

 

Sueli

 

2. Agilidade

Além da qualidade e preço, o tempo de execução do serviço do tradutor é um fator importante. "É preciso estar atento no caso de antecipar prazos: muitas empresas cobram taxa de urgência para isso, que gira em torno de 10% a 30% do valor total do orçamento da tradução”, diz a especialista da AlphaÔmega, que não exige a taxa.

 

3. Diferentes formatos

Com a variedade de recursos multimídia utilizados pelas empresas, é importante contratar uma tradutora 360°, que trabalhe com diversos formatos. Dessa maneira, o cliente pode contar com uma única prestadora para diversas ocasiões. A AlphaÔmega Traduções oferece tradução de textos, áudios e vídeos, traduzindo, transcrevendo e inserindo a legenda. "Também temos profissionais que fazem tradução simultânea e locamos os equipamentos necessários para um evento, por exemplo", explica Sueli.

 

4. Diagramação

O contratante deve verificar em qual formatação a tradução será entregue. "Não adianta enviar o documento em página diagramada e receber o resultado em um bloco de texto. Achar uma tradutora que devolva o trabalho igual ao original poupa tempo e minimiza erros”, pontua a fundadora da AlphaÔmega Traduções, empresa que segue a prática e trabalha com diversas extensões de arquivo (Word, PDF, PPT, Excel, Corel, In-Design, etc.).

 

5. Sigilo

Ter a certeza de que um documento inédito não será divulgado pela tradutora é primordial. Para isso, é importante que a empresa faça um contrato que inclua uma cláusula de confidencialidade. “A prestadora de serviço precisa oferecer sigilo, por exemplo, no caso de pesquisas embargadas ou documentos judiciais”, comenta Sueli.

 

6. Serviço padronizado

Para empresas que possuem uma alta demanda de traduções é aconselhável fechar um contrato ao invés de depender de orçamentos pontuais. "Essa medida garante valores fixos, além de qualidade e prazos já conhecidos", resume a especialista.

 

7. Fidelidade de empresa/tradutor

Muitas vezes o desenvolvimento de um glossário técnico é relativamente complexo e demanda significativo esforço ao longo do tempo. “Manter as traduções centralizadas em uma empresa e, consequentemente, em um(a) mesmo(a) tradutor(a), faz com que estes profissionais estejam cada vez mais familiarizados com o tema, reduzindo retrabalho e tornando o resultado mais eficaz”, finaliza Sueli.

 

Sobre a AlphaÔmega Traduções:

Empresa que presta serviços de tradução para até 30 diferentes idiomas. Em versões livres e juramentadas, a empresa atua em diversos segmentos, como Jurídico, Médico, Financeiro, Telecomunicações, entre outros. Também oferece tradução simultânea e atende ao Brasil e ao exterior, prestando serviços de câmbio. Foi fundada em abril de 2011 por Sueli Benvenuto. www.alphaeomegatraducoes.com.br. Tel: (11) 3021-1805.

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!