05/10/2015

Após mochilão, casal de brasileiros tem ideia de fundar e-commerce de pashminas

No My Pashmina, clientes encontram peças exclusivas trabalhadas à mão e que demoram até dois anos para serem confeccionadas

Luiz Paulo Oliveira, 24 anos, e a esposa Jéssica Rodrigues, 28, deixaram para trás casa, trabalho bem-remunerado e venderam tudo para tirar um período sabático e fazer um mochilão pelo mundo. A viagem trouxe inspiração para fundar um negócio e, em julho, o casal lançou o e-commerce My Pashmina (www.mypashmina.com.br), em que comercializam peças exclusivas produzidas na região da Caxemira, na Índia.   

 

My Pashmina

 

Jéssica, que é artesã, e Luiz Paulo, publicitário, aprenderam a reconhecer a verdadeira pashmina com a ajuda de um amigo nativo que conheceram durante a viagem. “Ele nos ensinou que a pashmina é um produto valioso, que jamais fica exposto nas lojas e que, de tão macio e delicado, passa tranquilamente pelo aro de um anel”, explica Luiz Paulo.

 

Na Caxemira, fizeram contato com comunidades produtoras e, assim, conseguem garantir a qualidade do material importado. “Pagamos um preço justo pelos produtos e remuneramos os artesãos por cada unidade, que é única no mundo, incentivando o trabalho deles”, diz o fundador. As peças disponíveis no My Pashmina custam a partir de R$ 280, sendo que as com bordado têm preço inicial de R$ 700. Para ajudar os clientes a escolherem sua pashmina, uma personal stylist fica disponível para atendimento pelo site.

 

Pashmina: um item de luxo

 

Em tradução literal do kashmiri, “pashmina” quer dizer “ouro macio”. Confeccionado com lã de cabras que vivem nas montanhas do Himalaia, o cachemir, tecido de que é feita a verdadeira pashmina, é fruto de um trabalho minucioso que, somado o tingimento e finalização das peças, pode levar de dois meses a dois anos para ser concluído. “É impressionante ver de perto os bordadores com suas pequenas agulhas e fios de seda pura criando desenhos que remetem a flores e ramos”, conta Jéssica, que teve a oportunidade de conviver junto deles por quinze dias, na companhia do marido.

 

Além do item que é o carro-chefe da loja virtual, é possível comprar no e-commerce echarpes de lã natural de carneiro e lenços produzidos com cetim de seda pura, que irão ganhar uma nova coleção, agora na primavera. Os preços variam de R$ 280 a R$ 640, dependendo do tamanho da peça.

 

Focando no mercado de luxo brasileiro, em 2016 os empreendedores esperam faturar R$ 900 mil com o e-commerce e abrir uma loja física, com perspectiva de receita de R$ 1,5 milhão. “Sabemos que o toque tem papel fundamental na venda dos nossos produtos e, por isso, desejamos expandir para além do e-commerce”, afirma Luiz Paulo. “Queremos que os brasileiros possam sentir na pele a maciez do material que nos inspirou a criar tudo isso”, completa.

 

Sobre o My Pashmina

E-commerce de pashminas, echarpes e lenços importados. Fundado por Luiz Paulo Oliveira e Jéssica Rodrigues, conta com personal stylists e serviço de concierge, com atendimento pelo site e telefone. O objetivo da marca é oferecer uma experiência de compra exclusiva para as peças, que são únicas e demoram até dois anos para ficarem prontas. O preço dos produtos parte de R$ 280. www.mypashmina.com.br. Tel.: (11) 3374-2559.

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

Sem avaliações seja o primeiro!

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!