23/11/2015

Celular para criança: Guia de compra para pais

Tira-dúvidas detalha com o que se preocupar ao adquirir um smartphone ou tablet para os pequenos

Os eletrônicos já ocupam o topo da lista de pedidos das crianças para o Natal. Diante disso, os pais podem se questionar sobre alguns pontos na hora comprar um celular ou tablet de presente. “Da mesma forma que com um skate, bicicleta ou videogame, a orientação é indispensável. É preciso também estipular horários para o uso e restringir, por exemplo, durante as aulas, à mesa e na hora de dormir”, opina Marcello Ursini, presidente da Bem Mais Seguro (https://bemmaisseguro.com/). Confira o tira-dúvidas da corretora sobre o assunto:

 

BMS

 

1.      Quando dar?

Muito mais do que a idade, a maturidade da criança deve ser levada em consideração. Reflita se ela está pronta para lidar com a responsabilidade de cuidar do aparelho. O pequeno deve entender o que pode ou não acessar, sejam redes sociais, jogos, vídeos ou conteúdo online. Prefira dar o eletrônico em datas especiais ou como comemoração por algum feito. Dessa forma, o gadget será mais valorizado.

 

2.      Que modelo escolher?

Só quem convive com crianças sabe como podem ser persuasivas. Se decidiu que é a hora certa, mais do que o produto dos sonhos do pequeno, escolha um aparelho que se adeque ao seu orçamento e seja resistente. Vale explicar ao filho o motivo da escolha para que ele se sinta parte da decisão.

 

3.      Qual o plano ideal de operadora?

Um pacote pré-pago ou controle é ideal para evitar sustos com a conta e gerenciar de perto o uso do aparelho. De qualquer forma, é importante orientar a criança para que não compre algo sem querer ou faça ligações indevidas e/ou em excesso.

 

4.      O que instalar?

Já existem diversos aplicativos para pais controlarem o conteúdo acessado pelos filhos no celular ou no tablet, como os apps ParentalFlux, Android Parental Control e Kids Place. Estabelecer uma relação de confiança é crucial para que a criança não tente burlar e descobrir a senha de bloqueio, por exemplo. Os jogos são a sensação para todas as idades, também vale já instalar alguns. Na dúvida se é adequado, leia a descrição, os comentários e a classificação indicativa antes de baixar. Já apps educativos são uma forma lúdica de incentivar o aprendizado.

 

5.      Como proteger o aparelho?

“Além de acessórios como capinha e película, essenciais para crianças, o seguro para celular e tablet evita preocupações e tem cobertura em caso de roubo ou furto qualificado, quebra acidental e queda de líquido. E não são poucas as chances de o pequeno danificar o aparelho”, aconselha o presidente da corretora Bem Mais Seguro – líder online do setor. A empresa oferece seguros para gadgets a partir de R$ 20,70 por mês. Os adultos que se interessarem podem fazer cotações pelo site: https://bemmaisseguro.com/seguro-celular. Um diferencial da corretora é o desconto de 10% no segundo seguro*, ideal para famílias.

 

*O desconto será concedido caso o segundo seguro seja adquirido no mesmo momento do primeiro e para a mesma titularidade.

 

Sobre a Bem Mais Seguro

Empresa do grupo Protect Your Bubble lançada em abril de 2014. Traz para o Brasil um novo conceito de seguros online para bens como smartphones, equipamentos eletrônicos, carros e viagens. A Bem Mais Seguro oferece uma forma rápida, prática e transparente de proteger o que é essencial para a vida do consumidor moderno. www.bemmaisseguro.com.br. Tel.: (11) 4003-9862/0800-738-3810.

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

Sem avaliações seja o primeiro!

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!