11/05/2015

Danilo Gentili busca patrocínio para filme baseado em seu livro

Adaptação de ?Como se tornar o pior aluno da escola? começará a ser rodada no fim do ano pela Clube Filmes

Imagine se o Mestre Miyagi, de Karate Kid, ensinasse Daniel San a ser o pior aluno da escola ao invés de um mestre karateca. Este é o ponto de partida de “Como se tornar o pior aluno da escola”, adaptação cinematográfica do livro homônimo de Danilo Gentili estrelada pelo próprio. Produzida pela Clube Filmes (www.clubefilmes.com.br) em parceria com a Paris Filmes e prevista para começar a rodar no final do ano, a obra está na etapa de captação de patrocínios e propõe um modelo inovador de parceria.

 

Clube Filmes

 

A proposta é uma plataforma de comunicação mais ampla. Além das tradicionais inserções de logo nos materiais de divulgação, créditos de abertura, encerramento e product placement, a Clube Filmes vai abrir espaço para que os patrocinadores figurem na campanha prévia do longa, o que inclui menções nas redes sociais, site oficial, jogos, entre outras iniciativas. “Os parceiros já terão um resultado antes mesmo do lançamento do filme”, explica Fabrício Bittar, diretor e produtor do filme.

 

Entre as ideias de divulgação está uma plataforma colaborativa lançada um ano antes da estreia do filme nos cinemas. A iniciativa envolverá o público em uma disputa pelo primeiro lugar no ranking de “Pior Aluno”. Para tanto, os internautas participarão de missões virtuais que renderão pontos e prêmios. Os patrocinadores, por sua vez, poderão se envolver com a atividade, aumentando a exposição de sua marca e o engajamento com o longa.

 

Também há o apelo do próprio Danilo Gentili. “Ele tem quase 20 milhões de seguidores se somados Facebook e Twitter”, conta Bittar. O apresentador e comediante construiu uma carreira de sucesso na TV, em programas como “Politicamente Incorreto”, no FX, e “The Noite com Danilo Gentili”, no SBT – talk-show mais visto no Brasil nos útlimos anos.

 

Segundo o diretor, a ideia de fazer o filme surgiu da necessidade de preencher uma lacuna do cinema nacional: “Filmes para adolescentes, e não sobre adolescentes”. A inspiração são as comédias americanas dos anos 80, que sempre mostravam o pior (e mais divertido) lado da vida adolescente. Um bom exemplo é “Curtindo a vida adoidado”, referência para o próprio Gentili. No clássico da Sessão da Tarde, Ferris Bueller foge da escola para viver um dos melhores dias da sua vida.

 

Para consolidar a expectativa de se tornar um dos filmes mais vistos do próximo ano, a parceria com a Paris Filmes foi ideal. A distribuidora é uma das maiores do mercado nacional e esteve envolvida no lançamento local de ganhadores do Oscar como “O Artista” e “O Discurso do Rei”, e sucessos infantojuvenis como as séries “Crepúsculo” e “Jogos Vorazes”.

 

A expectativa de público baseada em longas semelhantes é de dois milhões de espectadores nos cinemas e 60 milhões em suportes como VOD, DVD, TV, internet, etc. As gravações começam em dezembro e “Como se tornar o pior aluno da escola” deve ser lançado em julho de 2016.

 

Sobre a Clube Filmes

Produtora audiovisual criada em 2012 por Fabrício Bittar. A Clube Filmes trabalha na produção de conteúdo para televisão, cinema e publicidade. Fabrício Bittar fez carreira na MTV durante dez anos e dirigiu programas como “Entre Teens” e “MTV Sports”, além de ter produzido e dirigido o programa “Politicamente Incorreto”, com Danilo Gentili, para o canal FX. www.clubefilmes.com.br

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

Sem avaliações seja o primeiro!

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!