13/04/2015

Diabetes: classe C trata complicações em clínicas particulares

Especialista da Clínica Fares, que oferece tratamento acessível, fala sobre problema na retina que pode levar à cegueira

Telefone da Clínica Fares: 11 3851 4000

Segundo o Ministério da Saúde, houve aumento de aproximadamente 40% nos casos de diabetes no Brasil, nos últimos nove anos. A necessidade de acompanhamento médico constante – além da lotação do SUS – tornou maior a procura por instituições de saúde privadas com preço acessível. Entre elas está a Clínica Fares (www.clinicafares.com.br), que oferece desde o diagnóstico até o tratamento da doença e suas complicações.

Um dos procedimentos realizados pela Fares é o acompanhamento da retinopatia diabética. Pouco conhecida, mas ocupando o posto de uma das principais causas de cegueira no mundo, a enfermidade afeta cerca de 1,8 milhões de brasileiros. Ela se caracteriza pela lesão dos vasos sanguíneos da retina, camada responsável pela formação das imagens no olho, o que resulta em uma progressiva perda de visão.

Segundo o Prof. Dr. Roberto Tadeu Ferreira Castro, oftalmologista da Clínica Fares, a retinopatia tem incidência maior em portadores do diabetes mellitus ou tipo 1, mas também está relacionada ao tipo 2. Sua forma mais grave é a chamada proliferativa, com hemorragias que podem acelerar o processo de cegueira. “Os pacientes chegam ao consultório pensando que estão com algum erro de visão, como miopia ou hipermetropia”, conta o especialista. Isso porque o único sintoma da doença é o embaçamento da visão.

De acordo com o Prof. Dr. Castro, não há cura ou reversão da doença, mas é possível estabilizá-la com alguns tratamentos, como a fotocoagulação – uso de lasers para regredir as lesões dos vasos – e a injeção de medicação intraocular. No entanto, o recomendado é diagnosticar o problema logo no início, por meio de exames periódicos. “O paciente deve fazer a fundoscopia ou o mapeamento da retina a cada seis meses e manter sua glicemia baixa”, explica o oftalmologista.

A Clínica Fares oferece toda a tecnologia necessária para tratar quem sofre da retinopatia, dispondo de especialistas da área, entre os mais de 300 integrantes da equipe médica, e todos os exames laboratoriais e de imagem. Realiza, em média, 60 mil atendimentos por mês nas unidades da Vila Nova Cachoeirinha, Zona Norte de São Paulo, e Santo Amaro, na Zona Sul.

Os pacientes têm a opção de fazer o agendamento online de exames e consultas. “Apostamos no máximo de especialidades, todos os exames feitos em um mesmo local e um atendimento humanizado e eficiente”, diz o Dr. Adiel Fares, fundador da Clínica. Em 2015, uma nova unidade será inaugurada em Osasco. As cidades de Guarulhos e Santos estão no plano de expansão.

Telefone da Clínica Fares: 11 3851 4000

Sobre a Clínica Fares

Clínica médica e centro de diagnóstico com 27 anos de atuação. Oferece consultas, variados exames, cirurgias e, inclusive, tratamentos estéticos com preços acessíveis. Reúne uma equipe de mais de 300 profissionais de 28 especialidades, como oftalmologia, cardiologia e ortopedia. Foi fundada pelo Dr. Adiel Fares. www.clinicafares.com.br. Tel: (11) 3851-4000.

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!