23/06/2017

É um estagiário mesmo que você quer contratar?

Descubra quando vale a pena somar à equipe um estudante ou alguém mais experiente

Estagiários

Ocupar posições de estágio que demandam um desempenho semelhante ao de um profissional formado é a realidade de muitos universitários, mas esse cenário está longe do ideal. "O estágio é uma etapa de aprendizado e desenvolvimento, existem algumas funções que exigem mais experiência”, explica Daniela Misorelli, CEO da plataforma de recrutamento de estudantes Estagiários Online (www.estagiariosonline.com.br). Para evitar um equívoco de contratação, Daniela sugere responder a quatro perguntas na hora de abrir uma vaga:Qual a competência técnica exigida?

Se a ideia é contratar um estagiário, é preciso estar preparado para receber alguém que ainda está aprendendo. Em bom português, isso significa que ele vai precisar de auxílio para pegar, aos poucos, o cotidiano e as exigências do cargo – o que é muito positivo para empresas com propostas disruptivas. Já se a necessidade é a de um profissional com mais experiência ou que vá ocupar um cargo com muitas responsabilidades, é o caso de partir para um funcionário de perfil mais sênior.

É uma vaga de alta rotatividade?

Uma taxa de turnover elevada custa caro no caso de profissionais plenos, mas não para estagiários. Ou seja, se a vaga não demanda uma mesma pessoa por um longo período de tempo, contratar um estudante pode ser uma boa pedida. "Isso não significa que um estagiário não possa crescer e fazer carreira dentro de uma empresa, mas de uma maneira geral essa não é a tendência desse modelo de contração", diz a CEO do Estagiários Online.

Qual a carga horária necessária para desempenhar as funções?

Um contrato de estágio pode prever 20 ou 30 horas semanais de trabalho. Quando a quantidade de tarefas estipulada pode ser desempenhada dentro dessa carga horária, este é um bom contexto para a contratação de um universitário. Além disso, estágios naturalmente requerem maior flexibilidade para que a agenda de estudos não seja prejudicada.

Qual o orçamento da vaga?

O grande descompasso na contratação de um estagiário ocorre quando as respostas anteriores indicam a necessidade de um profissional sênior para o cargo, mas o orçamento da companhia permite pagar apenas uma bolsa-auxílio. "Infelizmente, mesmo que a conta feche, o prejuízo da dinâmica de trabalho será grande, tanto para o funcionário quanto para a empresa", afirma a CEO. Nesse caso, vale reavaliar o budget disponível ou reorganizar a equipe para que o estagiário desempenhe, de fato, funções de um estagiário.

Sobre o Estagiários Online

Plataforma de seleção e recrutamento especializada em oportunidades de estágio. Lançado pelos empresários Marcos Botelho, Kleber Costa, André Diniz, Arnaldo Tibyriçá e Francisco Bernardes, em 2016, o Estagiários Online é grátis. Além disso, oferece um “radar de talentos” e disponibiliza um painel de controle de vagas com métricas para empresas. Os candidatos podem gravar um vídeo-currículo, conversar com as empresas pelo chat on-line e participar de vídeo-entrevistas e vídeo-dinâmicas em grupo. www.estagiariosonline.com.br.
 

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!