03/02/2015

Gestão financeira em tempos de crise: 7 dicas para um ano adverso

Fluxo de caixa e planejamento eficientes são essenciais para PMEs manterem as contas em dia

O cenário econômico pouco favorável para o Brasil em 2015 pode ser contornado ao adotar alguns cuidados na hora de gerir os negócios. A Equilibrados (www.equilibrados.com.br), empresa especializada em consultoria para pequenas e médias empresas, dá sete dicas para sobreviver – e até prosperar – em um período de condições adversas:

 

Equilibrados

 

1.      Planejar é a palavra-chave

Um planejamento financeiro anual evita surpresas. Ele deve levar em conta previsões sobre o cenário nacional, assim como o histórico de desempenho da própria empresa. “Quanto mais informações, melhor a capacidade de se preparar para um momento de crise”, explica Fernando Poloni, sócio da Equilibrados ao lado de Alex Antunes. Na hora de administrar um negócio é necessário tomar decisões 100% racionais, baseadas em projeções realistas. “Antes achávamos que acertaríamos meio no feeling, agora embasamos melhor nossas decisões", comenta Elismar Caldeira, sócio da transportadora Transcal, cliente da consultoria.

 

2.      Custos fixos X variáveis

É preciso separar os custos variáveis – que mudam de acordo com a demanda, como insumos – daqueles fixos, a exemplo do aluguel do espaço e salários dos funcionários. Ao considerar o piso e o teto de gastos, a empresa é capaz de estabelecer metas para se manter no azul mesmo em um cenário adverso.

 

3.      Raio X no fluxo de caixa

É indispensável monitorar a entrada e saída de dinheiro no negócio – “organizar para controlar”, afirma Poloni. Isso não significa apenas saber o faturamento total da empresa, mas sim segmentar os custos e receitas por produto, assim como discriminar qual o destino de cada despesa ou investimento. “A Equilibrados ajudou a enxergar a situação atual da minha empresa e, com isso, planejamos o futuro”, conta Mauro Clemente, sócio da importadora e distribuidora de alimentos C – Trade Gourmet.

 

4.      Precificação

Um dos pontos que leva empresários a errarem é na hora de decidir o preço dos produtos ou serviços. “E isso ocorre tanto para cima quanto para baixo”, conta Poloni. É preciso reavaliar constantemente os valores cobrados, observando a concorrência e a flutuação do mercado, bem como a estrutura de custos da empresa. Em um ano de crise, é ainda mais importante essa análise.

 

5.      Fidelização

Os empresários não devem ficar acomodados quanto aos seus clientes. Estratégias para garantir a frequência de aquisição de produtos ou contratação de serviços são essenciais, como promoções e campanhas de divulgação. “O ideal é montar um banco de dados com os contatos de quem compra, e utilizar essas informações para manter as pessoas por perto”, recomenda Antunes.

 

6.      Pessoa Física X Jurídica

É problemático – e muito comum – não separar informações, despesas e ganhos relativos ao negócio e ao dono. “A empresa tem que ter vida própria, não dá para tirar dinheiro do caixa a torto e a direito”, orienta Antunes. O oposto também se verifica: um empreendimento que só sobrevive por meio da injeção de dinheiro dos sócios não é viável.

 

7.      Acompanhamento diário

Todos os dias é preciso dedicar algumas horas para analisar a empresa. É comum empreendedores disporem de muitos dados sobre seu negócio mas, por falta de tempo, não pararem para estudá-los e deixarem de empregar essas informações – que se tornam inúteis. Uma alternativa é contratar um profissional especializado para a tarefa.

 

Sobre a Equilibrados

Empresa de consultoria especializada em reorganizar e planejar a situação financeira de PMEs e profissionais liberais. A Equilibrados trabalha com um modelo de contratação por case, ao contrário do usual, por horas de trabalho. Fundada em 2012 por Alex Antunes e Fernando Poloni Giuntoli, atende todos os ramos – desde operações de logística, importadoras, profissionais liberais, cadeias de lojas, entre outros -, em todo o Brasil. www.equilibrados.com.br. Telefone: (11) 3192-3888.

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!