15/01/2019

MKT: Agências buscam novos modelos para atender PMEs e startups

Mercado demanda capacidade de se adequar a orçamentos limitados e apostar em estratégias digitais

Responsáveis por mais de um quarto da economia brasileira – segundo dados do Sebrae –, as PMEs finalmente encontram agências de marketing desenhadas para atender suas especificidades. Embaladas pelo meio digital e com modelos capazes de atender um grande volume de clientes, essas empresas oferecem serviços que antes eram quase exclusivos a companhias que podiam desembolsar fees mensais na casa dos cinco dígitos.

A mudança de paradigma aconteceu em paralelo ao surgimento das startups. “As agências se inspiraram no formato inovador, enxuto e moderno desse nicho, que também precisa de serviços de comunicação, e buscaram novas maneiras de fazer negócios tradicionais, de uma forma mais barata e desenhada para esse público”, avalia Michel Bekhor, fundador da assessoria de imprensa Press Works (www.pressworks.com.br).

Fundada em 2012, a Press Works lançou a possibilidade da divulgação à mídia de pequenos empresários e empreendedores que podem contratar um serviço único. “Isso nos permitiu atingir um grande número de clientes que não tinham necessidade de uma assessoria fixa, mas sim de um trabalho pontual”, aponta Michel.

Em geral, as agências que atendem esse mercado apostam em atendimento remoto, para baratear o serviço e ter um maior alcance. Saem as constantes reuniões físicas entre a empresa e os clientes e entra uma relação mais dinâmica, baseada em canais digitais. Da mesma forma, a organização da equipe também se reconfigura: é raro encontrar profissionais responsáveis por poucas contas. No lugar disso, há um atendimento geral de centenas de contratantes.

A partir desse arranjo, elas se tornaram mais atrativas em comparação aos freelancers que trabalhavam de forma autônoma para atender PMEs. Ainda que estes profissionais fossem capazes de desempenhar a tarefa de forma competente, agências mais estruturadas criaram uma base para a evolução do marketing no mercado de pequenas empresas.

No caso da Press Works, a assessoria de imprensa passou a mirar cada vez mais estratégias omnichannel, que incluem a divulgação na mídia com outros benefícios, como link building. Da mesma forma, outras agências se voltaram em áreas diversas do marketing para PMEs. A Webfoco, por exemplo, trabalha com direcionamento para publicidade digital e é parceira do Google, enquanto a WP SEO Boost se especializa em melhorar o rankeamento dos clientes em buscadores online.

“O meio digital é o suporte principal para atuação dessas agências e também onde miram seus esforços”, diz Michel. “É um novo cenário benéfico especialmente para os clientes, que mesmo com orçamento limitado agora conseguem acessar serviços de marketing que antes eram exclusivos a grandes nomes”, afirma.

Sobre a Press Works

Assessoria de imprensa voltada para PMEs e startups. Fundada em 2012, a Press Works oferece serviços de assessoria de imprensa, link building, marketing de conteúdo e mídias sociais num modelo sob demanda, acessível mesmo para clientes com orçamento apertado. Já atendeu mais de mil empresas e prepara-se para lançar um aplicativo. www.pressworks.com.br.

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!