16/12/2013

Mulheres na casa dos 30 são as maiores compradoras de cosméticos e maquiagem on-line

Mas as que estão na faixa dos 50 anos são as que mais gastam, aponta pesquisa de site de beleza

A venda de cosméticos no Brasil continua a crescer independentemente dos rumos da economia. O país foi o segundo que mais vendeu produtos de beleza em 2012, superando o Japão e perdendo apenas para os Estados Unidos, segundo estudo da Escola de Administração de Empresas (EAE). No primeiro semestre de 2013, foram cerca de 4,3 milhões de encomendas só pela internet, uma fatia de 12,2% de todos os pedidos do e-commerce brasileiro. Cuidados com os cabelos e fragrâncias somam quase 40% das transações do setor, segundo relatório do Euromonitor.

 

Tabela Beleza Flor

 

Para saber mais sobre o perfil do consumidor de produtos de beleza via web, o site Beleza Flor (www.belezaflor.com.br) realizou uma pesquisa com base no tráfego e taxa de conversão gerados por 88.468 visitantes, no período de 16 de outubro a 30 de novembro. A primeira conclusão é que, apesar de a participação masculina no segmento ter aumentado, são elas que predominam nas compras de cosméticos, com cerca de 80% do total de vendas e de faturamento.

 

Também foi observado que as maiores frequentadoras do e-commerce são mulheres de 25 a 34 anos, responsáveis por 36,5% das visitas e 38% das receitas. O valor médio de compra destas internautas é de R$ 171,92. Porém, as que mais despedem em sites de beleza são da faixa dos 45 aos 54 anos. Estas clientes representam apenas 6,9% de todo o tráfego, mas 9% do faturamento devido ao ticket médio de R$ 191,49 por aquisição.

 

“O que constatamos pode ser entendido pela tendência de as consumidoras na casa dos 40, 50 anos, procurarem mais por produtos de cuidados para o corpo e rosto, como cremes anti-idade. Estes itens costumam ser mais caros que maquiagem, por exemplo”, fala Dino Marchiori, da Beleza Flor. O e-commerce comercializa artigos das maiores marcas de cosméticos e saúde que realizam vendas diretas no Brasil, como Avon e Natura.

 

Das 2.392 empresas brasileiras de beleza, são as 20 maiores que detêm 73% do faturamento total do setor, segundo a ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos). Mas sempre há espaço para inovação e qualidade, fatores prezados pelo público que compra artigos de cuidados pessoais e saúde na web.

 

Sobre a Beleza Flor:

E-commerce de cosméticos e maquiagem que levou a operação das revendedoras de beleza a domicílio para a internet. Comercializa produtos masculinos, femininos e infantis das marcas Avon, Eudora, Jequiti, Natura e Mary Kay, além de itens de nutrição da Herbalife. Atende a todo o Brasil. www.belezaflor.com.br.

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!