25/03/2015

Neurologia veterinária ajuda a salvar vidas de animais

Desconhecida do grande público, a especialização é essencial no tratamento de doenças associadas ao cérebro, coluna, músculos e nervos

Os donos podem não saber, mas também existem neurologistas de animais. O conhecimento é importante: em muitas situações, quando os donos descobrem que há tratamentos específicos para alguns casos, há o risco da situação já ter ficado muito séria.

 

Francesca Lemos

 

É o que acontece, por exemplo, com as hérnias de disco – um problema que, a princípio, parece não demandar atenção especial. “Há casos em que cachorros podem ficar paraplégicos, mas se a hérnia for diagnosticada rapidamente, podemos fazer uma cirurgia com boas chances de sucesso”, conta Francesca Lemos, veterinária com 15 anos de experiência e há três especializada em neurologia.

 

Assim como os humanos, os animais de estimação possuem um sistema nervoso complexo, passível de apresentar alterações neurológicas. Ele está divido em central, formado por encéfalo e medula espinhal, e periférico, os nervos, placa motora e músculos. Qualquer disfunção em um desses órgãos pode resultar num quadro clínico.

 

Para evitar a surpresa, Francesca explica que os donos de bichinhos de estimação devem prestar atenção em alguns sintomas de disfunções neurológicas, como:

 

  • Crises convulsivas

  • Alteração na marcha, ou seja, dificuldade ou inconstância no movimento do animal,

  • Mudanças de comportamento – desde um cachorro manso que se torna agressivo até desorientação espacial na casa e

  • Perda de visão, identificada por insegurança no caminhar e alterações no humor.

 

“Geralmente as pessoas associam a perda de visão a condições exclusivamente oftálmicas, mas há casos de origem neurológica”, afirma a neuroveterinária. Francesca aconselha que toda alteração no animal vale uma visita ao clínico geral e quando há evidências de problema neurológico, deve-se procurar a indicação do  especialista.

 

O caminho natural é que o clínico veterinário ou proprietário identifique o problema e procure um neurologista, mas os profissionais especializados nessa área ainda são poucos. Francesca, por exemplo, se desdobra para atender cinco clínicas do Rio de Janeiro, nos bairros da Tijuca, Grajaú, Botafogo, Barra e Recreio. Uma corrida que ajuda a salvar a vida de vários animais.

 

Sobre Francesca Lemos

Veterinária especializada em neurologia de cães e gatos. Francesca tem 15 quinze anos de carreira e há três anos atende exclusivamente animais com disfunções e problemas neurológicos. Os casos vão desde problemas motores simples até tumores cerebrais. Contato: [email protected]

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

Sem avaliações seja o primeiro!

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!