12/02/2014

Novo tratamento usa gordura para embelezar a pele

Nanoenxerto hidrata e ameniza marcas de acne e poros

Com a descoberta dos benefícios da gordura para a estética, são cada vez mais comuns cirurgias plásticas que aproveitam a substância ao invés de eliminá-la do corpo. Realocar a adiposidade retirada em uma lipoaspiração nas pernas e glúteos, por exemplo, é um procedimento já conhecido. Uma novidade na área é aplicar parte desta gordura abdominal no rosto, com o intuito de melhorar a qualidade da pele.

 

nanofats        Nanofats

 

Este novo tratamento se chama nanoenxerto – ou nanofats – e ameniza marcas de acnes e poros salientes, melhorando a aparência da pele. “O método funciona como um complemento aos cuidados com a face, que incluem a utilização de cosméticos diários e outros procedimentos estéticos”, explica o cirurgião plástico Dr. Geraldo Santos, que há seis meses trabalha com a técnica em São Paulo.

 

O tratamento pode ser realizado no consultório médico, após avaliação clínica e laboratorial do paciente. Com uma anestesia local, são retirados de 10 ml a 15 ml de gordura da região infraumbilical do indivíduo, que é centrifugada e coada para eliminar a parte oleosa e ficar completamente líquida para a injeção. Então, a substância é aplicada nos pontos faciais a serem tratados. Todo o processo dura cerca de 40 minutos e pode ser feito junto com outra cirurgia, como a lipoaspiração, por exemplo, mas neste caso todo o procedimento é feito em hospital.

 

Segundo o Dr. Santos, o procedimento é de fácil execução, desde que realizado por um profissional habilitado, e tem poucas contraindicações ou cuidados posteriores, a não ser evitar exposição solar no dia da aplicação. “A vantagem do nanoenxerto é que a pessoa está usando uma substância inócua, retirada do seu próprio organismo, o que diminui riscos de rejeição ou infecções”, afirma o cirurgião, que completa: “Também é um método pouco invasivo e pouco dolorido”.

 

O tratamento objetiva deixar a pele com mais vivacidade e maciez, e pode ser repedido num período de seis meses, dependendo da resposta do paciente. O efeito da aplicação pode durar de seis meses a um ano, tempo que varia de acordo com cada paciente.

 

Sobre o Dr. Geraldo Santos:

Médico há 24 anos, especialista em cirurgias plásticas há 18. Faz nanoenxerto, abdominoplastia, lipoaspiração, rinoplastia, cirurgia de mamas, lifting facial, entre outros procedimentos faciais e corporais. 

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!