17/12/2014

Realidade virtual com Oculus Rift é novo atrativo para vender imóveis

Empresa cria ambientes digitais 360º com a mais nova tecnologia de imersão em tempo real

Imagine entrar em um prédio antes mesmo de ele sequer estar em construção. Esta é a proposta da Nexus Realidade Virtual (www.nexusvr.com.br), empresa que cria ambientes de realidade virtual on-line e off-line para apresentação de empreendimentos imobiliários. Com uso de tecnologia inovadora, os potenciais moradores têm uma experiência que reproduz com fidelidade as características de um prédio ou casa.

 

Nexus

 

A empresa, fundada em 2014, encontrou no Oculus Rift um diferencial. Trata-se de óculos com design futurista que passa ao usuário uma sensação de imersão no mundo digital, com liberdade de observar em 360º todos os detalhes do empreendimento ou projeto. “Com a realidade virtual o usuário interage em um ambiente tridimensional criado por computação gráfica. A tecnologia pode, por exemplo, auxiliar na escolha de acabamentos para o apartamento”, explica Felipe Coimbra, diretor da Nexus.

 

A primeira construtora a utilizar a realidade virtual da Nexus foi a Direcional Engenharia, no empreendimento Reservas do Bosque, em Belo Horizonte (MG). Alguns clientes afirmaram ter comprado o imóvel após utilizarem a ferramenta e se encantarem com todos os detalhes observados. “Eles se sentiram morando no local e aproveitando todas as áreas comuns do condomínio”, conta Renata Mattos, gerente de marketing da Direcional.

 

Para Renata, a Nexus “implica em uma nova maneira de apresentar o produto aos clientes, saindo da esfera bidimensional para alcançar uma maior imersão”. Seguindo essa lógica, a tecnologia também pode ser usada para desenvolver ações publicitárias.

 

A Nexus Realidade Virtual foi pioneira no desenvolvimento de projetos para o mercado imobiliário com uso do Oculus Rift. A empresa utiliza um software 3D para suas criações e conta com uma equipe especializada de programadores e designers de jogos. “Não é só um ambiente virtual desenhado, mas também programado para ter princípios físicos adequados ao mundo real”, comenta Coimbra.

 

Em geral, um projeto leva 40 dias para ser desenvolvido, com um custo médio de R$ 120 mil, incluindo o aluguel dos Oculus Rift. A meta da empresa é faturar R$ 1,2 milhões até o final de 2015. Seguindo seu DNA de inovação, a Nexus busca novas tecnologias para melhorar a experiência imersiva. “Para o ano que vem, planejamos contar com uma plataforma de caminhada real, que permita andar pelo espaço virtual sem sair do lugar”, afirma o diretor da empresa.

 

Sobre a Nexus Realidade Virtual:

Empresa que cria ambientes de realidade virtual para empreendimentos imobiliários, ações publicitárias e outras iniciativas. A Nexus foi fundada por Felipe Coimbra no início de 2014, em São Paulo (SP), e usa a nova tecnologia do Oculus Rift, um visor que permite explorar um local construído de forma semelhante ao de um videogame. www.nexusvr.com.br. Telefone: (11) 2628-3284.

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!