11/08/2015

Restaurante peruano fusion chega à Zona Norte com pratos adaptados ao paladar paulistano

Além das opções típicas, Gamdu traz receitas que misturam ingredientes brasileiros e japoneses

A Zona Norte de São Paulo ganhou mais uma opção para os apaixonados por gastronomia. O Gamdu (www.facebook.com/GamduTemakeria), fundado pelo chef Fábio Aviz, promete levar para Santana o sabor típico peruano com um toque brasileiro e oriental.

 

Gamdu

 

Como todo bom restaurante do gênero, há uma ampla carta de ceviches. São oito opções que trazem 200 gramas de pescado e vão do clássico peixe branco (R$ 33), passando pelo prato com avocado (R$ 35) até o picante, feito com ají amarillo (R$ 38). Para quem deseja explorar sabores diferentes, a dica é pedir a degustação, que traz seis variações da casa.


Os pratos abrasileirados são invenções do chef que uniu, por exemplo, a “causa”, um prato andino feito de batata, à carne seca (R$ 22). Outra das ideias de Aviz foi incorporar o purê de banana da terra como acompanhamento do clássico contrafilé alto peruano (R$ 39).

 
A pegada oriental é revelada no combinado que serve duas pessoas (R$ 70), e traz inovações como o tradicional hossomaki japonês feito de “causa”. Outra novidade é o joy amarillo, em que a pimenta desidratada faz o papel do salmão e vem enrolada em volta do arroz.

 

Até agora, as opções mais pedidas pelos clientes são o tataki de atum (R$33) – prato de entrada em que o peixe é selado por fora, mal passado por dentro e recoberto por uma fina crosta de sal – e o arroz Gamdu y chaufa (R$ 38) – com salmão e atum servidos com arroz de frutos do mar e purê de batata-doce.

 

Também estão no cardápio uma carta de vinhos, e sobremesas da casa, com destaque para: o creme de cupuaçu e o petit gateau nordestino, com bolo de rolo, sorvete de creme e calda de pimenta doce.

 

Com ambiente acolhedor que, claro, mistura na decoração referências ao Peru, Brasil e Japão, o Gamdu oferece vantagens para o cliente fiel. Associados ao Chefs Club têm 30% de desconto de quarta a sexta-feira em qualquer prato do restaurante. Para os membros do ZN Clube, benefícios são concedidos a quem pede a porção de bolinho de feijoada com cerveja ou decide provar o arroz chaufa, com mariscos e lula. “Com a nossa chegada, esperamos que o pessoal da Zona Norte se anime a conhecer a gastronomia peruana fusion”, diz o chef do Gamdu.

 

Serviço:

Rua Augusto Tolle, número 637 (atrás do Hospital Mandaqui). Santana. São Paulo – SP.

De terça a sábado, das 12h às 15h e das 18h às 23h. Aos domingos e segundas, do meio-dia às 17h.

Informações adicionais: Estacionamento conveniado (R$ 10); Não paga ingresso/consumação; Aceita reservas para almoço e jantar; Sem acesso para pessoas com deficiência; Capacidade total 40; Sem área para fumantes; Aceita todos os cartões de crédito e débito; Tem wi-fi.

 

*Preços pesquisados em 03/08/2015 e sujeitos a alterações.

 

Sobre o Gamdu

Restaurante peruano localizado em Santana, São Paulo. Ao todo, a casa oferece 20 pratos peruanos frios e quentes, sendo oito ceviches, que têm preço entre R$ 33 e R$ 39, e trazem 200 gramas de peixe. Além da culinária peruana, o Gamdu contempla o sabor brasileiro e japonês com as criações fusion do chef Fábio Aviz. Fundado em maio de 2015, o local preza por refeições bem servidas e tem convênio com os clubes de fidelidade Chefs Club e ZN Clube. São aceitos todos os cartões, inclusive vale-refeição. www.facebook.com/GamduTemakeria. Tel.: (11) 2619-3550.

 

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

Sem avaliações seja o primeiro!

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!