06/10/2016

Startups: Aceleração da Bionexo abre inscrições para 2ª edição

whizHealth busca soluções inovadoras na área da saúde e oferece ampla rede de contatos no setor

Bionexo

Carentes de soluções tecnológicas que facilitem a gestão e organização do dia a dia, grandes hospitais e entidades da área da saúde ainda têm dificuldades em conciliar suas estruturas cheias de especificidades ao dinamismo de empreendedores que inovam no setor. O whizHealth (whizhealth.io) é uma iniciativa que busca resolver esse dilema. Ao oferecer know-how no segmento e uma extensa rede de contatos, visa impulsionar empresas com ideias inovadoras.

Em sua segunda edição, o programa de aceleração de startups whizHealth é organizado pela Bionexo, empresa com quase duas décadas de experiência em soluções digitais voltadas à área de suprimentos hospitalares, utilizadas por mais de 18 mil instituições em cinco países. "O ecossistema de inovação em saúde digital ainda é novo no Brasil e precisa ser fortalecido. Nosso objetivo é encontrar e auxiliar startups para catalisar as mudanças que queremos ver no setor", explica Rafael Barbosa, gerente de desenvolvimento de novos projetos da Bionexo e coordenador do whizHealth.

"Para alcançar essa meta, as empresas passam por um processo onde suas principais fraquezas e fortalezas são identificadas e trabalhadas com gente que entende muito de saúde, tecnologia, desenvolvimento de produtos, etc", diz Barbosa. O programa não oferece recursos financeiros aos selecionados – e também não exige participação societária como contrapartida.

"Além disso, diversos hospitais participam do programa de olho nas soluções que podem surgir a partir dele", conta Luisa Ribeiro, diretora da Gema Ventures, empresa que apoia a execução do whizHealth. "Ou seja, é uma porta aberta para entrar num mundo que normalmente é resistente à adoção de novidades", complementa Luisa.

Quem já participou e cresceu

A PegaPlantão, startup contemplada na primeira edição do programa, é um exemplo vivo de como aproveitar essa oportunidade. Ela desenvolveu uma solução de controle de escalas de médicos e saiu do whizHealth contratada pelo Hospital do Coração. "Demoraríamos meses, talvez anos, só para apresentar nossa solução ao HCor. Depois de algumas conversas com os gestores do programa, eles nos introduziram à diretoria do Hospital, que aceitou testar nosso aplicativo. Em três meses, o PegaPlantão já era a principal ferramenta de controle de plantões no pronto-socorro", detalha Fabio Paradiso, fundador da empresa.

Do lado do HCor, a vantagem foi tão grande quanto: "A experiência foi surpreendentemente positiva. Durante todo o processo tivemos acesso fácil aos empreendedores, que atenderam com agilidade às demandas e peculiaridades da nossa instituição", afirma o coordenador médico do Departamento de Emergência do Hospital, Dr. Edgar Ferreira.

Inscrições abertas

As inscrições para o whizHealth vão de 26 de setembro até o dia 30 de outubro, pelo site: whizhealth.io. Os finalistas serão divulgados em novembro e passarão por uma rodada de pitches presencial em evento a ser realizado em São Paulo no início de dezembro. As startups selecionadas para o programa serão divulgadas ainda em dezembro.

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!