27/07/2016

Uma em cada cinco mulheres é abandonada durante a gestação

Falta de maturidade dos pais e mudanças comportamentais femininas são motivos de relacionamentos abalados

Trocando Fraldas

Associada à união familiar e a pais felizes, a gestação também produz abalos de relacionamento entre os futuros pais com consequências sérias. A pesquisa do Trocando Fraldas apura a dimensão geral do problema no Brasil e, em especial, do abandono paterno. Sendo uma tema pouco abordado e discutido, o assunto afeta direta e indiretamente quase dois terços da população.

Mais de 20 milhões de brasileiras criam seus filhos sem a presença do pai, segundo um estudo do Instituto Data Popular. Esse destino é muitas vezes imposto a 46% das mães antes ou durante a gravidez, quando enfrentam abalos no relacionamento com o pai. Uma a cada dez brasileiras até chega a engravidar na tentativa de salvar a relação. Os maiores motivos dos abalos são mudanças comportamentais e falta de maturidade com 32% e 26%, respectivamente.

Em 45% dos relacionamentos abalados durante a gravidez, os homens chegam a deixar a parceira pelo menos temporariamente e 36% dos abandonadores pedem um aborto. Enquanto a maioria assume a paternidade posteriormente, 37% nunca mais voltam para a família. Como consequência do abandono, sete a cada 20 mulheres cogitam a ideia do aborto.

O problema de forma geral afeta 64% dos brasileiros que ou vivenciaram o abandono ou conhecem casos de amigas e parentes afetadas. Para mais da metade das entrevistadas, a falta de maturidade e responsabilidade é mais descritiva da atitude dos homens. Outras 32% atribuem ao caráter.

A pesquisa foi realizada através de um questionário com 3 a 9 perguntas no final de cada post do Trocando Fraldas entre os dias 6 e 11 de julho de 2016. A participação de todas as partes do Brasil com 1038 entrevistadas foi voluntária e aleatória. A quantidade de perguntas variou conforme experiências pessoais e se as mulheres foram afetadas ou não.

Pesquisa com infográficos (publicação em 22 de julho de 2016): https://goo.gl/anomTJ

Sobre o Trocando Fraldas

Trocando Fraldas (TF) é um portal sobre maternidade e fertilidade criado em 2012 por Patricia Amorim, mãe de três filhos. Acessado por mais de 1,8 milhão de pessoas mensalmente, fornece informações e produtos relevantes e tira dúvidas de tentantes, gestantes e mães.

 

Site: https://www.trocandofraldas.com.br/

Gostou deste post?

Clique na estrela para avaliá-lo

Avaliação média / 5. Contagem de votos

Sem avaliações seja o primeiro!

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!